Patrocínio

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Instrumental Pés no Chão - 2005

 

Dias 27 e 28 de agosto aconteceu a 4ª edição do Instrumental Pés no Chão, um evento que sempre reúne importantes nomes do circuito alternativo da música instrumental brasileira.

Braz da Viola

No sábado, Braz da Viola, músico e luthier, abriu a noite. Ele apresentou-se com o percussionista Marcelo Marins.

 

Camilo Carrara, violonista, multi-instrumentista, arranjador e produtor apresentou-se a seguir, tocando peças de seu mais novo CD, “Canção do Sol Nascente”, um trabalho intimista e contemplativo, com influências da musica erudita, do jazz e da musica brasileira.

 

Beto di Franco

No domingo, o Instrumental mostrou a produção dos músicos locais. A abertura foi feita pelo violonista William Fernandes, com a participação do percussionista Tuco Balestero, e o compositor, interprete e violonista Beto di Franco.

 

Marcelo Cotarelli e a Orquestra Popular de Ilhabela

Fechando o evento, a Orquestra Popular de Ilhabela, dirigida pelo Maestro Marcelo Cotarelli, apresentou clássicos do jazz e também da MPB.

 

Instrumentos da Luteria do Braz da Viola

Durante o Instrumental esteve aberta a exposição “Formas e Fôrmas”, mostrando os instrumentos e a produção realizada por Pedro Gomes, discípulo de Braz da Viola.

 

Instrumentos da Luteria do Braz da Viola

 

Formas e Fôrmas

Luteria é a arte de construir instrumentos de corda com caixa de ressonância.

Braz da Viola constrói a tradicional viola caipira e também a viola de cocho, um instrumento originário da região do Pantanal Matogrossense. Na construção de violas, várias madeiras são utilizadas, como por exemplo a caxeta, a granadilha, o marfim, o jacarandá violeta, o pau-brasil, o pinho-de-riga, o cedro rosa, a imbuia canela, o jacarandá mineiro e outras.

Pedro Gomes, discípulo de Braz e aluno do Pés no Chão, se envolveu na feitura de violas, e aqui apresentou o resultado de um mês e meio de trabalho em luteria.

 

Instrumentos da Luteria do Braz da Viola

 

O Instrumental Pés no Chão teve o patrocínio da Petrobras
e da Mareado Materiais para Construção.