....início :: histórico :: notícias :: links :: contribua :: contatos

Depois do sucesso de “Cordel Encorpado” e “Nessa onda que eu vou”, a Cia Repentistas do Corpo traz para o Espaço Cultural Pés no Chão neste sábado, dia 10 de julho, às 20 hs., o espetáculo “Corpoemas”, inspirado no livro “Corpo”, de Carlos Drummond de Andrade.

O espetáculo investiga a relação corpo/poesia/corpo pelo viés da sonoridade dos poemas falados pelos bailarinos, e o impulso criativo provocado nos corpos pela métrica, pela rima e pela multiplicidade dos signos. O trabalho destaca a importância do componente lúdico e do lirismo na concepção cênica e coreográfica do artista Sérgio Rocha e seus “Repentistas do Corpo”, que mesclam dança contemporânea, cenas teatrais e percussão corporal em movimento, resultando numa proposta original, que aponta para os caminhos da modernidade na dança contemporânea brasileira.

A partir de leituras em grupo, laboratórios teatrais e experimentações coreográficas, foram escolhidos oito poemas para compor o espetáculo. A trilha sonora foi especialmente composta pelo músico paulista Edson Xis, e é executada no formato eletroacústico, com intervenções ao vivo.

A pesquisa que deu origem a este trabalho começou em 1995, quando Sérgio Rocha musicou dois poemas, que também foram inseridos no espetáculo – Pintor de Mulher e O pleno e o vazio.

O livro de Drummond reúne poesias que revelam suas contradições e ansiedades, inquietações e perplexidades, metamorfoseando o amargo gosto do tempo. A partir da observação do seu e de outros corpos, inseridos num universo de duplicidades e questionamentos, Drummond une o sagrado e o profano. Entre os poemas utilizados no espetáculo, destacam-se: “As contradições do corpo”, “Eu, etiqueta” e “Dezembro”.

A Cia Repentistas do Corpo surgiu em maio de 2001, a partir da necessidade de dar seguimento ao trabalho multicisciplinar de criação do coreógrafo e diretor Sérgio Rocha. A estréia aconteceu no evento “100 anos de Cordel”, com o espetáculo “Cordel Encorpado”. Seu segundo trabalho, “Nessa onda que eu vou”, estreou em 2002, e em março de 2004 foi a vez de “Corpoemas”. A Cia, em maio deste ano, fez sua estréia internacional no festival de teatro “Fazer a Festa”, realizado na cidade do Porto, em Portugal.

A abertura de Corpoemas será feita pelo grupo de dança do Pés no Chão, numa coreografia especialmente criada e dirigida para este espetáculo pelo bailarino Mauro Schneider. Ele passou uma semana em Ilhabela, realizando um trabalho intensivo com os alunos da entidade.

O evento tem o apoio de

Aeroilha Buffet
Espaço Casual
Mário Volcoff Imóveis,
Max Paladar
Porto Frades Nova Iorqui
Real Villa Bella