Direção

Mirtes Calheiros

Intérpretes

Andréa Krohn,
Éderson Lopes,
Elder Ildefonso,
Gisele Ross,
Mirtes Calheiros,
Rosana Judkowitch e Rodrigo Caffer.

 

 

 

 


 



O Espaço Cultural Pés no Chão apresentou sexta-feira, dia 20 de março,
em seu teatro-escola na Barra Velha, a Cia. Artesãos do Corpo.

Eles trouxeram o espetáculo

“duas mulheres com sombrinhas brancas no lugar da fábrica de explosivos”

um trabalho livremente inspirado no livro “As Cidades Invisíveis” de Ítalo Calvino contemplado pelo PAC/2007.

 

 

A Cia. Artesãos do Corpo é orientada pelos princípios de Rudolf Laban e pesquisa não só uma linguagem estética, mas um ofício artístico que tem no corpo e na busca de um diálogo democrático entre diferentes artes – dança, teatro, artes plásticas, performance, música, poesia – fontes de inspiração para a realização de seus espetáculos e projetos.

Ganhadora de diversos prêmios, a companhia já se apresentou em Portugal e no Chile. Através da Caravana Funarte Petrobras de Dança, viajou em 2007 por diversas cidades do país, inclusive Ilhabela, apresentando o projeto Visões Urbanas.

 

O espetáculo “Duas mulheres com sombrinhas brancas no lugar da fábrica de explosivos” procura reproduzir, através da dança, as memórias e registros que cada intérprete tem das cidades visitadas, de sua própria cidade, de cidades sonhadas e imaginárias, levando o espectador a criar seu próprio roteiro de viagem.